quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Vantagens e Desvantagens da Copa de 2014 no Brasil

Pois bem, agora que já sabemos quais cidades do Brasil irão sediar jogos da Copa do Mundo em 2014, passemos a pensar nas vantagens e desvantagens que esta ânsia trará aos brasileiros.


Iniciemos pela fala dos cartolas (nacionais e importados) garantindo que "nenhuma cidade está preparada para sediar os jogos". Ou seja, apesar da briga e da discordância das que ficaram fora, as escolhidas também não contam com a infra-estrutura necessária para receber os profissionais e turistas que deverão desembarcar nos locais definidos para sediar os jogos: Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.


O mesmo ocorre com o país. É óbvio que nem de longe o Brasil possui o gabarito para ser receptor de um evento que atrai turistas de todo mundo. Precisaria de muita melhoria nos transportes aéreos (ampliação e reforma de aeroportos), nos transportes terrestres (ampliação e melhoria nas linhas de metrô, de trens, facilitação e garantia de circulação de ônibus), melhoria da rede hoteleira, entre outras iniciativas.


Por outro lado, também ganharemos estádios mais confortáveis e investimentos governamentais no setor de transportes e segurança pública. Assim como espera-se investimentos por parte dos empresários do ramo hoteleiro.


Ocorre que todo investimento governamental na realidade sai do bolso dos contribuintes (eu, tu, nós.... que pagamos impostos). Ninguém pode esquecer que Governo (Federal, Estadual e Municipal) não tem dinheiro. O dinheiro que eles manipulam é arrancado do povo através de impostos, taxas e contribuições (a maioria das vezes, absurdamente altas e na barra forçada).


Mas, algumas coisas são absolutamente certas: bilhões de reais, do povo brasileiro, torcedores, ou não, serão destinados a este fim. Se chegarão ao destino (obras e segurança), não sabemos. Que teremos que engolir, nos próximos anos, muitas desculpas esfarrapadas sobre a falta de dinheiro para investir em saneamento, saúde, educação, etc. isso é certo.


Enfim..., para um povo que já foi viciado pelos governantes a viver de pão e circo, estamos entrando na era da satisfação total.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário